quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

18ª e 19ª dia - 16 a 17.12.2010 – Paulinho na moleza em Mendoza

Após o café o Quico e o Neco se mandaram para Santiago para visitar a sua irmã. Confesso que inicialmente foi um pouco estranho, mas sabe como é facilmente a gente se acostuma à vida mansa.  
Sai a passear a pé pela cidade que além de muito bonita e arborizada, possui belos cafés, parques, alamedas e calçadões para se curtir e caminhar.


Aproveitei para atualizar o blog e colocar as coisas em dia (roupas, moto, etc). Alias, quando tirei as tralhas da moto e as amontoei no hotel é que me dei conta de quanta coisa carregava-mos. E dizer que passeei com isso tudo pelo salar, desertos e estradas de rípio, costeletas e areia, muita areia.


Aproveitei também para beber bons vinhos. Como o Quico e o Neco preferem cerveja, eu os acompanho porque também gosto muito. Mas em Mendoza, não se pode desprezar os vinhos. Assim que foram jantares e almoços regados a taças de bons vinhos.




Outra coisa que coloquei em dia foi o sono. Cultivo (não morram de inveja) o hábito de tirar uma boa soneca após o almoço (diariamente). Pois bem, almoçava perto do hotel e me jogava a “La siesta”.

Fiquei um pouco preocupado com as duas veias que não davam notícias. Eles haviam levado o Spot, mas não o estavam usando.  Assim não sabia se haviam chegado ou quando voltariam. Finalmente na sexta-feira havia um mail do Neco dizendo que haviam chegado bem.  Na mesma 6ª-feira, perto  das 10:00 da noite, enquanto estava num bar tomando um cerveja, as “veias” aparecem.
Saímos para jantar juntos, beber e contar histórias. Como sempre, muitas risadas. Fomos dormir tarde. No outro dia, pensei que sairíamos cedo, mas eles tinham que trocar o óleo (das motos). Mas esta foi uma outra história que o Neco e o Quico poderão contar melhor.

Kilometragem do dia: 0 km

Boas dos dias em Mendoza:
Os passeios a pé sob as árvores
Os bons vinhos
A volta da “siesta”

Postado por Paulinho, dia 23/dez em Floripa

Nenhum comentário:

Postar um comentário